Idosa é proibida de se casar com homem 50 anos mais novo na Suíça
23/05/2016 16:16 em Mundo

 

Uma mulher de 71 anos foi proibida pelo tribunal de Vaud, na Suíça, de se casar com um homem 50 anos mais novo.

De acordo com as informações do The Independent, a corte alegou que o rapaz, da Tunísia, estava tentando se aproveitar da idosa para conseguir passaporte suíço.

 

Ao jornal "20 minutes", ela afirmou que conheceu o jovem há três anos pela internet e que, em agosto do ano passado, foi até a Tunísia para conhecê-lo. Cinco dias depois, eles formalizaram o pedido de casamento na embaixada suíça.

"Nós gostamos das mesmas coisas. Tivemos uma conexão imediata. Ele [rapaz] me levou para a casa dele, onde nós dividimos um quarto. Ele não queria que eu me fosse, eu não queria ir. Ele me chamava de 'minha vida'. Não consigo viver sem ele", afirmou a mulher.

O tunisiano disse que se sentiu desapontado com a decisão do tribunal. "A diferença de idade não é problema, pois não quero ter filhos. Eu a amo e quero viver com ela", lamentou.

 

Essa não é a primeira vez que a aposentada se apaixona por um homem mais novo. Em 1988, ela casou-se com um camaronês 13 anos mais novo. No entanto, a relação terminou em divórcio.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!