Solteiro e sem filhos, João Kleber desabafa: 'Joguei 30 anos da minha vida fora'
01/07/2019 01:58 em Celebridades

 

Após uma experiência de quase morte, João Kleber recebeu uma série de recomendações de seu cardiologista para evitar uma reincidência no quadro clínico. A principal delas foi reduzir sua carga de trabalho e buscar fazer coisas fora da RedeTV! que lhe dessem prazer. E ele se sentiu desnorteado. "Foi nessa hora que me dei conta de que prejudiquei minha vida pessoal por causa do trabalho. Joguei 30 anos da minha vida fora", desabafou.

 

"Prejudiquei relacionamentos, casamento, por preocupação com o trabalho. Não estava nem aí se ia chegar a tempo para um compromisso. Priorizava a TV. Eu tenho certeza de que joguei 30 anos da minha no lixo. Não dá para recuperar. Eu não tenho filhos. Hoje eu me arrependo. Mas como eu vou ter filho agora? Estou com quase 62 anos", disse ao Notícias da TV.

No fim de maio, João Kleber tomou um susto ao receber um diagnóstico preocupante de seu cardiologista. Após uma bateria de exames, foi descoberto que duas de suas artérias estavam comprometidas. Mas uma delas estava bastante entupida, e ele poderia sofrer um AVC a qualquer momento.

"O médico me recomendou uma cirurgia imediatamente. Disse que eu poderia dar dois passos e morrer. Ou que eu teria um infarto e sofrer graves sequelas. Não pensei duas vezes e quis me internar na hora", lembrou.

E foi nesse momento que o apresentador refletiu sobre sua vida. A possibilidade de morrer por um descuido com sua saúde o levou à mesa de cirurgia e, em seguida, à UTI. Anos de estresse, nervosismo, excesso de controle sobre o trabalho, aliados a uma alimentação descuidada e longos períodos sem descanso o fizeram desenvolver uma série de problemas.

 

Em 2006, quando sofreu um sequestro em São Paulo, desencadeou uma síndrome do pânico. Em seguida, foi diagnosticado com TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo). "Eu só gravava com um determinado relógio. Quando o esquecia, mandava buscar em casa, se não nem gravava. Tinha semana que gravava com a mesma calça, porque acreditava que ela estava me dando sorte", comentou.

Uma nova vida

João Kleber precisou passar por essa cirurgia no coração, há um mês, para se dar conta que, após 35 anos na TV, ele não é o único responsável pelos sucessos e fracassos de seus programas. E também para deixar de ser controlador e provocar situações de conflito com sua equipe por causa de seu perfeccionismo.

"Sigo com os meus dois programas na RedeTV!, só que sem ser escravo de mim mesmo. Tenho que usar uma filosofia de não ser tão exigente comigo, porque sou competitivo. Não posso ficar o tempo inteiro cobrando o diretor ou entrar em conflito comigo mesmo porque a audiência não foi boa. Hoje comecei a entender que existe um jogo de xadrez para que você possa dar um bom resultado. Não sou unicamente responsável pelo que estou fazendo. Não posso me culpar por tudo", observou.

 

Solteiro e sem filhos, João Kleber agora quer aproveitar o tempo perdido e priorizar a inclusão de momentos de lazer em sua rotina. "Estou na fase de aproveitar. Quero nesses próximos 20 ou 30 anos aproveitar o que não aproveitei no passado. Nunca usei drogas, não sou de beber todos os dias."

Fonte: Notícias da Tv

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!